sexta-feira, 22 de outubro de 2010

manual de colonização rápida



- me coloniza, please.
- sem sangue, please.
- ainda doador universal?
- enquanto precisarem de tinta, sim. e os caçadores de aventura, sobrinhos do tio patinhas? têm visto essa galhera?
- soube que morreram todos atropelados. se não me engano.
- muito bom. vejo que alguém passou de fase com tantos pontos.
- mas a dircinha última vez que vi há muito tempo atras até pq nao sei se ela morreu atropelada- te mandou um ok.
- diga-lhe que eu cliquei no ok dela. daí teu tela vermelha. felizmente, você sabe...tivemos quorum das cores.
- tudo anexado conforme deliberado na velha assembleia .posso enviar sem compactar?
-pode. recebi. nossa, que eficiência, meo. vou te promover. será uma planta aérea a partir de agora.

(e aí, a tal torta de liquidificador rápida gostosa recheada de verde musgo entra na sala perguntando: se for de graça, ainda é consumo?)

5 comentários:

fochesatto disse...

sua epífita!

árvore disse...

avisei que ia furar a fila, meo

Burlesca disse...

Aí ele virou Arara verde e cagou na cabeça do outro que ficou cego e morreu atropelado.

Salamandra Malandra disse...

furou o blender, brother

árvore disse...

cê me costura, meo