quarta-feira, 14 de novembro de 2007

América

roon

Aproximei o ouvido um pouco mais.
Nenhum bixo nem pêlo.

Era eu mesma pulsando. No travesseiro.

Sangue brincando nas veias.

Borbubarulhos lembrando que durante o dia, amarelos abraçam-me.


Um comentário:

i. bê. gomes disse...

Ah, os amarelos! Sempre eles! Quando encontrares os vermelhos e os beges, aí sim vais sentir o que é os borbubarulhos...

Tudo bereza contigo? ,)


Amplexos!


*pê-ésse: bonitos chinelos