quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Mister Sade

socos e pontapés
no corpo a corpo
sob a direção do Marquês de Sade.
sexo da cabeça aos pés
de cabra safado.
não sei sonhar
com a noite que não virá.
não há mais
uma gota de sangue
em cada poema.
mmverborrágica hemorragia
mmmmmmgritos...
mmsussurros glossolálicos.
eu me amarro em você
amarrada na cama,
mmmmmmamordaçada
xxxxxxxxxxvvvvvdddddddddxsadomasoquista.

Ilustração: Geoffrey Rush e Kate Winslet em “Contos Proibidos do Marquês de Sade”, de Philip Kaufman.

4 comentários:

fochesatto disse...

gozei dentro dela, e deixei meu pênis repousar ali até parar de latejar e ser expulsado do canal vaginal, vencido, amolecido. depois desenhei um snoopy no guardanapo.

Sabrina Gahyva disse...

acordei como quem engole cão. um peso meio sonoro, meio extrangeiro. era o tal cartoon. vivo, em sustenidos de espirros, divindo espaço com carboidratos e hemoglobinas. dentro da minha barriga.

Lorenzo Falcão disse...

'cachorro faz mal pra moça'... antiga manchete de tablóide sensacional carioca que me sugere o comentário de sabrina. já a sitcom retratada por fochesatto me transporta a um personagem de becket, cujo pênis, tamanha flacidez, parecia uma fronha sem travesseiro dentro...

adoro vocês

fochesatto disse...

HAHAHA